Sistema Respiratório

É constituído pela caixa torácica (costelas, músculos intercostais), diafragma, pulmões, boca, nariz e uma série de tubos que ligam o nariz e a boca aos pulmões.

Os pulmões têm aproximadamente a forma de um cone. São formados por um tecido elástico e cada pulmão é envolvido por uma membrana, a pleura. Esta é constituída por dois folhetos, um colado à caixa torácica o outro colado aos pulmões. O espaço virtual compreendido entre as duas membranas é a cavidade pleural. Este espaço contêm uma fina camada de líquido (líquido pleural), que torna possível o movimento dos pulmões durante a respiração (fase inspiratória).

Na inspiração, o ar entra pelas fossas nasais e pela boca, atravessa a faringe, que é um tubo curto de tecidos moles, comum ás vias respiratórias e digestiva. A faringe divide-se em dois tubos: a traqueia e o esófago. A epiglote é uma cartilagem localizada nesta bifurcação, que selecciona os alimentos para o esófago e o ar para a traqueia. Antes de chegar à traqueia, o ar circula através da laringe, onde estão inseridas as cordas vocais.

A traqueia é formada por uma série de anéis cartilagíneos semicirculares. Quando penetra na cavidade torácica bifurca-se nos brônquios esquerdo e direito, que se ramificam nos pulmões esquerdo e direito respectivamente.

No interior dos pulmões, os brônquios dividem-se em tubos cada vez mais pequenos, como o tronco de uma árvore. Estes pequenos ramos da árvore respiratória, os bronquíolos, possuem um reforço cartilagíneo.

Os alvéolos estão situados no final dos bronquíolos. Têm umas paredes muito finas e estão cobertos por uma rede de vasos capilares. Normalmente diz-se que os alvéolos pulmonares parecem cachos de uvas (a palavra alvéolo deriva do latim – alveus – que significa cavidade).

Nos dois pulmões existem milhares de alvéolos que no seu conjunto ocupam cerca de 300m2, área equivalente a um campo de ténis.

A barreira entre o gás e o sangue, chama-se membrana alvéolo-capilar. Se esta membrana se rompe ou se deteriora, pode produzir-se um barotraumatismo pulmonar.