Luvas, Meias e Botas

LUVAS

Tal como o resto do corpo, se as mãos estão em contacto direto com a água ficam sujeitas a elevadas perdas calóricas e em água fria facilmente ficam dormentes e sem sensibilidade. Nestas circunstâncias, rapidamente se torna difícil manusear o equipamento ou efetuar manobras como a compensação dos ouvidos, o que pode afetar a segurança do mergulhador. Além disso, as mãos desprotegidas estão sujeitas à ação abrasiva das rochas e às agressões da fauna marinha.

Por isso, é importante utilizar luvas de proteção, qualquer que seja o tipo de mergulho. As luvas de neoprene forradas a nylon, são uma boa proteção contra o frio e as agressões exteriores. Em águas quentes podem utilizar-se luvas não isolantes, apenas para proteção das agressões exteriores.

Há uma enorme variedade de modelos de luvas, mas a sua escolha deve basear-se no conforto e facilidade de movimentação dos dedos. Tal como o fato isotérmico, deverão estar justas mas não apertadas, o que as tornariam incómodas e eventualmente reduziriam a circulação nas extremidades.

MEIAS E BOTAS

A proteção dos pés é igualmente necessária, com a agravante de estarem mais vulneráveis às agressões externas devido a não estarem visíveis como as mãos. Além disso, com o frio e a perda de sensibilidade dos pés, o deslocamento subaquático torna-se menos eficiente e por vezes dolorosa.

O uso de meias ou botas isotérmicas também torna mais confortável a utilização das barbatanas, porque evitam a sua fricção contra a pele, protegendo-a contra possíveis queimaduras por fricção.

Enquanto que as meias são feitas só de neoprene, as botas têm uma sola consistente, por vezes anti-derrapante, que lhes aumenta a resistência e permite uma utilização confortável em terra, sobretudo quando é necessário caminhar sobre rochas irregulares até à embarcação ou ao local de entrada para o mergulho.

Tal como as luvas, existe uma enorme variedade de modelos de meias e botas, devendo a sua escolha basear- se no conforto. Tal como o fato isotérmico, as meias e botas deverão estar justas mas não apertadas, o que as tornaria incómodas e eventualmente reduziria a circulação nas extremidades.

Há modelos com fecho rápido lateral, muito confortáveis a calçar e descalçar, mas com o inconveniente de deixarem entrar mais água do que os modelos sem fecho.

MANUTENÇÃO

Os cuidados básicos na manutenção das luvas, meias e botas são os habituais: passar por água doce e secar à sombra.