Descida e Atitude Durante o Mergulho

A descida deverá ser preferencialmente feita de pés para baixo, com o mergulhador agarrado a um cabo guia, para facilmente poder controlar a descida, o contacto com o companheiro e não perder a orientação.

Nos primeiros metros devem compensar-se os ouvidos com frequência (sempre antes de sentir dor) e deve-se manter flutuabilidade neutra durante toda a descida, adicionando pequenas quantidades de ar ao colete. É importante descer junto ao companheiro para que possa haver ajuda mútua, em caso de dificuldade.

Todo o mergulho deve ser feito com flutuabilidade neutra (em equilíbrio hidrostático), afastado do fundo e com todo o equipamento bem preso (octopus, manómetro de pressão, etc.), de modo a que não ande a arrastar pelo fundo. De preferência, o corpo deve estar na horizontal e as barbatanas ligeiramente para cima, de modo a evitar tocar no fundo para não danificar o ambiente marinho. Ver as “10 regras de ouro do bom mergulhador” (Módulo 16 – Meio Ambiente).