Bússola

FUNÇÃO

É um instrumento que permite seguir uma determinada direção quando não se tem pontos de referência, por exemplo, quando se mergulha em águas muito turvas, ou quando se efectuam mergulhos de noite. Serve também para posicionar locais de mergulho, tirando azimutes para pontos fixos e destacados em terra.

CUIDADOS

O relógio deve ter uma conservação muito cuidada. Deve ser muito bem lavado com água doce no final do mergulho e, pelo menos uma vez por ano, deve ser levado ao relojoeiro para limpeza, lubrificação e substituição das juntas tóricas e da pilha (se necessário), e ser verificada a sua estanquecidade.

BÚSSOLA VERSÃO TRADICIONAL

Na forma tradicional, a bússola é constituída por uma agulha magnética móvel, que roda sobre um quadrante graduado em graus e que se posiciona sempre no sentido Norte-Sul.

BÚSSOLA VERSÃO NÁUTICA

Na maioria das versões náuticas, em vez de uma agulha móvel é o quadrante que é móvel e está solidário com um magneto (íman), posicionando-se sempre corretamente em relação aos pontos cardeais.

Este quadrante encontra-se dentro de uma caixa selada cheia de líquido para amortecer as oscilações e os choques. Na caixa está desenhada uma linha que passa pelo eixo do quadrante, a linha de fé, que é utilizada para indicar o rumo (direção) a seguir. Quanto mais comprida for a linha de fé mais fácil é seguir o rumo correto.

BÚSSOLAS ELETRÓNICAS

Neste tipo de aparelho o quadrante aparece representado no mostrador e a indicação do rumo é digital. Estas bússolas não têm coroa móvel, mas em contrapartida memorizam um número apreciável de rumos previamente planeados que o mergulhador vai ativando ao longo do percurso efetuado.

BÚSSOLA UTILIZADA NO MERGULHO

As bússolas utilizadas no mergulho são quase todas do segundo tipo, apresentando diferentes configurações, podendo o quadrante graduado ter a forma de disco ou calote, mais ou menos esférica, e permitindo diferentes formas de leitura. Quase todas as bússolas para mergulho possuem uma coroa móvel graduada, que permite memorizar o rumo pretendido, fazendo coincidir o zero da coroa com o Norte do quadrante. Torna-se assim muito fácil seguir o rumo desejado, mantendo a agulha nessa posição.

A bússola pode ser usada no pulso ou montada na consola. Há também quem fixe a bússola na placa para escrever, onde pode registar a sequência de rumos a seguir.

CUIDADOS

É fundamental que a bússola seja utilizada afastada de massas magnéticas, para não dar leituras erradas. A bússola também não deve ser guardada perto de massas magnéticas ou de campos eletromagnéticos, que podem provocar alterações no seu magnetismo.

MANUTENÇÃO

No fim de cada mergulho, tal como qualquer equipamento, a bússola deve ser lavada com água doce e seca à sombra ou com um pano e guardada em local adequado.